Chocolate para cães, pode ou não pode?

Todo mundo sabe que o chocolate é tóxico para os cães e gatos. O que você vai saber hoje é: Como intoxica? Quais os sinais de intoxicação? Como tratar?

Respondendo a primeira pergunta: Os nomes químicos das substâncias tóxicas são: teobromina e cafeína. A concentração de teobromina é cerca de 4 vezes maior que a cafeína, mas ambas tem importância clínica. Quanto mais escuro o chocolate, mais cacau e maior é a concentração dessas substâncias. O chocolate amargo tem cerca de 4x mais de teobromina que o ao leite. Elas atravessam tecidos vitais como cérebro, placenta e distribuem-se amplamente por todo o corpo. Além disso podem ficar armazenadas cerca de 6 dias no organismo, ou seja, tem efeito acumulativo e várias doses pequenas também podem intoxicar.

Quais os sinais de intoxicação? O animal não precisa apresentar todos os sinais ao mesmo tempo, por isso fique atento: beber muita água, vômito, diarreia, movimentos incoordenados, tremores, convulsões, aceleração dos batimentos cardíacos, gengiva e pálpebras ficam azul-arroxeadas, febre, coma.

 

Meu cão apresenta esse sinais, o que fazer?

 

Este tipo de intoxicação é uma emergência médica e a intervenção do Médico Veterinário é indispensável. Não espere! O quanto antes ele for atendido, mais chances de se recuperar! O tratamento é difícil, pois não existe antídoto para intoxicação. O animalzinho fica internado até que as funções vitais seja restabelecidas.

 

Dra. Marina Gavioli

Compartilhar no facebook